Pampulha: Patrimônio Cultural da Humanidade em uma Cidade Educadora.(Dossíê: As Dinâmicas do Patrimônio Cultural da Materialidade a Imaterialidade)

Marco Antonio Silva, Alessandra Valadares Alvares Silva

Resumo


Pampulha Cultural Heritage of Humanity and an education city.

Resumo: O Este artigo apresenta uma discussão sobre os conceitos de Memória e Patrimônio Cultural. Descreve uma narrativa da história da região da Pampulha em Belo Horizonte antes e a partir da fase modernista. Discorre sobre a genialidade presente no Conjunto Moderno da Pampulha que justificou o título de Patrimônio Cultural da Humanidade conferido pela Unesco. Tece considerações a partir da análise dos dados de entrevistas com 243 moradores da capital. E, por fim, aponta a importância da criação de políticas públicas voltadas para apropriação deste espaço pela população em consonância com os princípios da Declaração de Barcelona ou Carta das Cidades Educadoras da qual Belo Horizonte é signatária.
Palavras-chave: Patrimônio Cultural da Humanidade; identidade; cidades educadoras.

Abstract: This article presents a discussion about the concepts of  Memory and Cultural Heritage. It narrates the history of the Pampulha region in the city of Belo Horizonte before and from the Modernist phase. It discusses the genius, present in Pampulha Modern Ensemble that justified a title of Cultural Heritage of Humanity granted by Unesco. It makes some considerations from the data analysis of interviews with 243 residents of the capital of Minas Gerais State. Finally, it points out the importance of the creation of public policies aimed at a fuller of this space by the population in accordance with the principles of the Barcelona Declaration or Charter of Educating Cities to which Belo Horizonte is a signatory.
Keywords: Pampulha Cultural Heritage of Humanity; identity; education cities.

Recebido em: 23/11/2019  – Aceito em 31/12/2019


Palavras-chave


Patrimônio Cultural; Educação Patrimonial; Pampulha; Belo Horizonte

Texto completo:

PDF

Referências


REFERÊNCIAS

Arroyo, Michele Abreu. A diversidade cultural na cidade contemporânea: o reconhecimento da Pedreira Prado Lopes como patrimônio cultural / Michele Abreu Arroyo. Belo Horizonte, 2010. Artmed, 152 p.

CABEZUDO, Alicia. Cidades educadoras: uma proposta para os governos locais. In: Gadotti, M.; Padilha, P.R.; Cabezudo, A. (Orgs). Cidade educadora: princípios e experiências. São Paulo: Cortez, Instituto Paulo Freire, Buenos Aires: Ciudades Educadoras América Latina, 2004.

_________________. A cidade que educa. Folhaonline- Sinapse, 2011. Disponível em: www.uol.com.br. Acesso em: 20 dez 2014.

CARSALADE, Flávio de Lemos. Pampulha. BH. A Cidade de Cada Um, volume 10. Belo Horizonte, Conceito, 2007.

CENPEC, Cenpec. Carta das Cidades Educadoras. Cadernos Cenpec | Nova série, [S.l.], v. 1, n. 1, maio 2006. ISSN 2237-9983. Disponível em: . Acesso em: 04 dez. 2019. doi: http://dx.doi.org/10.18676/cadernoscenpec.v1i1.165.

CASTRO, Mariangela Castro e FINGUERUT, Silvia (org). Igreja da Pampulha: restauro e reflexões. Rio de Janeiro: Fundação Roberto Marinho, 2006.

CHAGAS, Mario. Casas e portas da memória e do patrimônio. Em Questão. V. 3, n.2, p.207-224. Porto Alegre, jul/dez 2007.

CONJUNTO MODERNO PAMPULHA. Candidato a Patrimônio Cultural da Humanidade Dossiê de candidatura do conjunto moderno da Pampulha para inclusão na Lista do Patrimônio Mundial 2016.

FARIA, José Henrique. Seminário Internacional Cidades Educadoras contra a Exclusão e pela Paz, Universidade Federal do Paraná,1996.

FONSECA, Maria Cecília Londres. Referências Culturais: Base para novas políticas de patrimônio. Políticas Sociais - acompanhamento e análise nº 2, 2001. P. 111-120. Disponível em http://www.ipea.gov.br/agencia/images/stories/PDFs/politicas_sociais/referencia_2.pdf acesso em 14/12/2012.

FOUCAULT, Michel. O pensamento do exterior. In: Estética: literatura e pintura, música e cinema. (Ditos e escritos, vol. III). 2 ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2001, p. 219-242.

GARCIA, Luiz Henrique. Antônio. In: Pampulha múltipla: uma região da cidade na leitura do Museu Histórico Abílio Barreto= Multiple Pampulha: a city region in the reading of Museu Histórico Abílio Barreto/ Organização, Thaís Velloso Cougo Pimentel; Coordenação, Luiz Henrique Assis Garcia; tradução, Pablo Luiz de Oliveira Lima, Belo Horizonte: Museu Histórico Abílio Barreto, 2007

IGREJA da Pampulha: restauro e reflexões. Belo Horizonte: Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, 2006.

Juscelino Prefeito 1940-1945. Prefeitura Municipal de Belo Horizonte/ Museu Abílio Barreto: Belo Horizonte, 2002.

LACERDA, Aroldo Dias; FIGUEIREDO, Betânia Gonçalves; PEREIRA, Júnia Sales; SILVA, Marco Antônio. Patrimônio Cultural em Oficinas: Atividades em contextos escolares- 1. Ed.- Belo Horizonte: Fino Traço, 2015.

LANA, Ricardo Samuel de. Arquitetos da Paisagem: Memoráveis Jardins de Roberto Burle Marx. Henrique L. De Mello Barreto/ Ricardo Samuel de Lana. Belo Horizonte: Museu Histórico Abílio Barreto, 2009.

Le CORBUSIER, Mensagens aos estudantes de Arquitetura. Editora Martins Fontes. São Paulo, 2005.

MORIGI, Valter. Cidades Educadoras: possibilidade de novas políticas públicas para reinventar a democracia. Porto Alegre: Sulina, 2016.

PEREIRA Nilton Mullet; MEINERZ Carla Beatriz; PACIEVITCH Caroline. Viver e pensar a docência em História diante das demandas sociais e identitárias do século XXI. História & Ensino, Londrina, v. 21, n. 2, p. 31-53, jul./dez. 2015

ORIA, Ricardo; PEREIRA, Júnia Sales. Desafios teórico- metodológicos da relação educação e patrimônio. In: VII Seminário Nacional do Centro de memória da Unicamp, 7. Campinas: Unicamp, 2012.

PERREIRA, Lígia Maria Leite; FARIA, Maria Auxiliadora de (Org.). Aeroporto da Pampulha: Belo Horizonte nas asas do progresso. Belo Horizonte: INFRAERO, 1997, p. 19. In.:PIMENTEL, Thaís Velloso Cougo, org.; GARCIA, Luiz Henrique coord.; OLIVEIRA, Pablo Luiz de, tradução. Pampulha Múltipla: uma região da cidade na leitura do Um Museu Histórico Abílio Barreto. Belo Horizonte: Museu Abílio Barreto, 2007.

PIMENTEL, Thaís Velloso Cougo (Org.).; GARCIA, Luiz Henrique (Coord.).; OLIVEIRA, Pablo Luiz de (Tradução). Pampulha Múltipla: uma região da cidade na leitura do Um Museu Histórico Abílio Barreto. Belo Horizonte: Museu Abílio Barreto, 2007.

POLLAK, Michael. Memória, esquecimento, silêncio. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 2, n. 3, p. 3-15, 1989.

REDIN, Marita; MULLER, Fernanda; REDIN, Euclides (Orgs). Infâncias: cidades e escolas amigas das crianças. Porto Alegre: Mediação, 2007.

RIBEIRO, Raphael Rajão (Coord.). Histórias de bairros [de] Belo Horizonte: Regional Pampulha. Belo Horizonte: Arquivo Público da Cidade, 2011

SANTOS, Boaventura de Sousa. A crítica da razão indolente, contra o desperdício da experiência. São Paulo: Cortez, 2000.

SHIROMA, Eneida Oto; MORAES, Maria Célia; EVANGELISTA, Olinda. Política educacional. Rio de Janeiro: DP&A Editora, 2002.

SILVA, Fernando Fernandes. As cidades brasileiras e o patrimônio cultural da humanidade. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2012.

SOUZA, Renato César. A arquitetura em Belo Horizonte nas décadas de 40 e 50: utopia e transgressão. In: CASTRIOTA, Leonardo Barci. Arquitetura da modernidade. Belo Horizonte: UFMG, 1998.

VILA, I.; GOMEZ-GRANELL, C. 2003. A

VILA, Ignacio; GOMEZ Granell Carmen, C. A cidade como projeto educativo. São Paulo, Artmed, 2003.


##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Incluir comentário

Direitos autorais 2020 Marco Antonio Silva, Alessandra Valadares Alvares Silva

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

NOVO QUALIS CAPES B2