A MÚSICA DE ARNOLD SCHOENBERG E SUAS RESSONÂNCIAS NA FILOSOFIA DE LUDWIG WITTGENSTEIN. (Dossiê: Música, Linguagem e Sociedade)

Ronaldo Cadeu de Oliveira

Resumo


Resumo. O presente artigo aborda como as características peculiares existentes na cultura vienense no fim do século XIX fizeram com que muitos artistas e intelectuais, incluindo Schoenberg e Wittgenstein, se auto-influenciassem em um processo que culminou uma crítica radical da linguagem e da sociedade.

 Palavras Chave: Schoenberg, Wittgenstein, Música no Século XX, Crítica da Linguagem, Música e Linguagem, História da Música no Século XX.

 Abstract. In this article the author describes how some peculiar characteristics common on Viennese society at the end of the nineteenth century lead to a mutual interest in the artistical and intellectual métier about the necessity of promoting a radical critique of language and also a critique of their society.

 

Keywords: Schoenberg, Wittgenstein, Twentieth Century Music, Critique of Language, Music and Language, Twentieth Century Music History.

Recebido em: 06/06/2016  – Aceito em 18/07/2016


Palavras-chave


Schoenberg; Wittgenstein; Música no Século XX; Crítica da Linguagem; Música e Linguagem; História da Música no Século XX.

Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, T. Assays on Music. Berkeley: Univerity of California Press, 2002a.

___________. Filosofia da Nova Música. São Paulo: Perspectiva, 2002b

ARCANJO, L. O ritmo da mistura e o compasso da história: O modernismo musical nas Bachianas Brasileiras de Heitor Villa-Lobos. Belo Horizonte: E-papers, 2008.

GOEHR, A. Shoenberg and Kraus: The Idea Behind the Music. Music Analysis, London: v. 4, n. 1/2, p. 59 – 71, mar. – jul. 1985.

JANIK, A.; TOULMIN, S. A Viena de Wittgenstein: A Viena dos Habsburgos antes da I Guerra Mundial e as fascinantes pessoas que a compunham – Sigmund Freud, Gustav Klimt, Adolph Loos, Oskar Kokoschka, Arnold Schoenberg e Ludwig Wittgenstein, um dos mais importantes filósofos do século. Rio de Janeiro: Campus, 1991.

KANT, I. Critique of Pure Reason. Indianapolis: Hacket, 1996.

MARGUTTI-PINTO, P. R. Iniciação ao Silêncio: Uma análise do Tractatus de Wittgenstein. São Paulo: Loyola, 1998.

NEFF, S. Arnold Shoenberg: The Second String Quartet in F-sharp minor, opus 10. New York: Norton, 2006.

SCHORSKE, C. Thinking with history: Explorations in the Passage to Modernism. Princeton: Princeton University Press, 1998.

WITTGENSTEIN, L. Tractatus Logico-Philosophicus. São Paulo, EdUSP, 2001.


##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Incluir comentário

Direitos autorais 2016 Ronaldo Cadeu

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.