AS POLÍTICAS PÚBLICAS DO PROGRAMA NACIONAL DO LIVRO DIDÁTICO DO CAMPO NO BRASIL

Paulina Barbosa de Sousa, Wellington de Oliveira

Resumo


THE PUBLIC POLICIES OF THE NATIONAL FIELD TEXTBOOK PROGRAM IN BRAZIL.

Resumo: O Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) trata-se de uma política pública e tem como foco central subsidiar o trabalho pedagógico dos professores, por meio da distribuição das coleções didáticas, escolhidas por professores, coordenadores pedagógicos e diretores escolares, de acordo com o que melhor atende às especificidades de sua escola (BRASIL, 2011). O primeiro Edital de Convocação para o processo de inscrição e avaliação das obras didáticas para o PNLD Campo surgiu em 2011. Este edital era para a escolha do LD do Campo, para a utilização dos alunos e professores a partir de 2013. Este artigo é parte da dissertação de Mestrado do Programa de Gestão de Instituições Educacionais da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri – Diamantina – MG.
Palavras-Chaves: PNLD. PNLD Campo. Livro Didático. Ideologia e Livro Didático.

Abstract: The National Textbook Program (PNLD) is a public policy and its main focus is to subsidize the pedagogical work of teachers, through the distribution of didactic collections, chosen by teachers, pedagogical coordinators and school principals, according to With what best suits the specificities of his school (BRAZIL, 2011). The first Call Notice for the registration process and evaluation of the didactic works for the PNLD Field came out in 2011. This announcement was for the choice of the LD of the Field, for the use of students and teachers from 2013. This article is part Of the Master 's thesis of the Program of Management of Educational Institutions of the Federal University of the Jequitinhonha and Mucuri - Diamantina - MG Valleys.
Keywords: PNLD. PNLD Field. Textbook. Ideology and Didactic Book.
Recebido em: 24/02/2016  – Aceito em: 13/12/2016


Palavras-chave


PNLD. PNLD Campo. Livro Didático. Ideologia e Livro Didático

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Guia do Livro Didático. Ministério da Educação, Brasília, 2012

BRASIL. Secretaria de Educação Básica. A Organização do Planejamento e da Rotina do Ciclo de Alfabetização na Perspectiva do Letramento. Brasília: MEC/SEB, 2012. 48p.

BRASIL. Secretaria de Educação Básica. Currículo Inclusivo: o direito de ser alfabetizado. Brasília: MEC/SEB, 2012. 48p.

BRASIL. Secretaria de Educação Básica. Currículo no Ciclo de Alfabetização: consolidação e monitoramento do processo de ensino e aprendizagem. Brasília: MEC/SEB, 2012. 47p.

BRASIL. Secretaria de Educação Básica. Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. Currículo na Alfabetização: concepções e princípios. Brasília: MEC/SEB, 2012.48p.

BRASIL. Secretaria de Educação Básica. Planejamento e Organização da Rotina na Alfabetização. Brasília: MEC/SEB, 2012. 45p.

BRASIL. Secretaria de Educação Básica. Planejamento Escolar: alfabetização e ensino da língua portuguesa. Brasília: MEC/SEB, 2012. 48p.

CARDOSO, Cancionila Janzkovski. Cartilha Ada e Edu: de produção regional à circulação nacional (1977-1985), Caderno de Pesquisa, Fundação Carlos Chagas, São Paulo, v. 18, n. 54, p. 589-608, jul./set. 2013.

CASSIANO, Célia Cristina de Figueiredo. Aspectos políticos e econômicos da circulação do livro didático de história e suas implicações curriculares. História. V.23 n. 1-2, p. 33-48. Franca, 2004. Disponível em http://www.scielo.br/pdf/his/v23n1-2/a03v2312.pdf. Acesso em 27 de setembro de 2014.

CHOPPIN, Alain. História dos livros e das edições didáticas: sobre o estado da arte. Educação em Revista, Belo Horizonte: UFMG, v. 30, n.3, p. 549-566, set./dez. 2004.

LAJOLO, Marisa. Livro didático: um (quase) manual de usuário. Em aberto, Brasilia, 16(69):3-9, jan./mar. 1996.

LEITE, Rose Mary. A ideologia contida nos livros didáticos. Artigo científico apresentado ao Programa de Pós-Graduação em Letras/Mestrado da Universidade Católica de Pelotas. Disponível em http://www.celsul.org.br/Encontros/07/dir2/14.pdf. Acesso em 12 de março 2015.

MOLINA, Mônica. Educação do Campo e Pesquisa: questões para reflexão. Brasília: INCRA, NEAD/MDA, 2006.

MUNAKATA, Kasumi. Dois manuais de história para professores: histórias de sua produção. Educação em Revista, Belo Horizonte: UFMG, v. 30, n.3, p. 513-529, set./dez. 2004.

MUNAKATA, Kasumi. O livro didático como mercadoria, Caderno de Pesquisa, Fundação Carlos Chagas, São Paulo, v. 23 n. 3, p. 51-66, set./dez. 2012a.

MUNAKATA, Kasumi. O livro didático: alguns temas de pesquisa. Caderno de Pesquisa, Fundação Carlos Chagas, São Paulo, v. 12, n. 3, p. 179-197, set./dez. 2012b.

OLIVEIRA, Lúcia Helena Gazólis. Livro didático e aprendizado de leitura no início do ensino fundamental. Caderno de Pesquisa, Fundação Carlos Chagas, São Paulo, v. 1, n. 39, jan./abr. 2008.

OLIVEIRA, Wellington de. Tempo e processo na história e ensino de história. Dissertação. Universidade Federal de Minas Gerais - UFVJM. Belo Horizonte, Minas Gerais, 1990.

RANGEL, Mary. Qualidade do livro didático: dos critérios da literatura acadêmica aos do Programa Nacional do Livro Didático. Linhas Críticas, Brasília, São Paulo, v. 11, n. 21, p. 187-200, jul./dez. 2005.

SILVA, Marco Antônio. A fetichização do livro didático no Brasil, Caderno de Pesquisa, Fundação Carlos Chagas, São Paulo, v. 37, n. 3, p. 803-821, set./dez. 2012.

TAGLIANI, Dulce Cassol. O livro didático como instrumento mediador no processo de ensino-aprendizagem de Língua Portuguesa: a produção de textos. Educação em Revista, Belo Horizonte: UFMG, v. 11, n.1, p. 135-148, 2011.

TAGLIANI, Dulce Cassol. O processo de escolha do livro didático de Língua Portuguesa. Educação em Revista, Belo Horizonte: UFMG, v. 9, n.2, p. 303-320, maio/ago. 2009.

VENDRAMINI, Célia Regina. A educação do campo na perspectiva do materialismo histórico-dialético. Conferência proferida no II Encontro Nacional de Pesquisa em Educação do Campo. Brasília, 2008. Disponível em http://www.mda.gov.br/sitemda/sites/sitemda/files/user_arquivos_64/EDUCA%C3%87%C3%83O%20DO%20CAMPO%20e%20pesquisa%20II.pdf

VIANA, Layane Dias Cavalcante. Abordagem discursiva do livro didático de Língua Portuguesa: um gênero do discurso completo. Dissertação. Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia – UESB. Vitória da Conquista, Bahia, 2011.


##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários
 |  Incluir comentário

Direitos autorais 2017 Paulina Barbosa de Sousa

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.