A ÁFRICA COMO OBJETO DE PESQUISA ACADÊMICA: UMA ANÁLISE DAS REVISTAS DOS TRÊS PRIMEIROS CENTROS DE ESTUDOS AFRICANOS NO BRASIL 1965/1987. (Dossiê:As fontes para a História da África)

Mariana Schlickmann

Resumo


Resumo: O presente artigo buscou examinar a produção acadêmica dos três primeiros centros de estudos africanos no Brasil (CEAO/UFBA, CEA/USP e CEAA/UCAM) de 1965 a 1987 através das suas revistas. Qual o perfil dos acadêmicos, a quais áreas e subáreas pertenciam, quais os principais temas, recortes geográficos e temporais que pesquisaram são questões que levantamos em busca de compreender qual o conhecimento produzido no Brasil sobre África pelos primeiros centros de estudos africanos do Brasil
Palavras-chave: História, Estudos Africanos no Brasil, História da África.

Abstract: This paper aims to examine the academic production of the first three centers of African Studies in Brazil (CEAO/UFBA, CEA/USP and CEAA/UCAM) from 1965 to 1987 through its academic journals. What was the profile of academics, to which areas and sub-areas belonged, what were the main issues, what geographical and temporal delimitations were selected are issues that we raise in order to understand which knowledge was produced in Brazil about Africa by the first CEAs.
Keywords: History, African Studies in Brazil, Africa History.

Recebido em: 29/05/2015  – Aceito em 09/08/2015


Palavras-chave


História, Estudos Africanos no Brasil, História da África.

Texto completo:

PDF

Referências


D’ÁVILA, Jerry. Hotel Trópico: O Brasil e o desafio da descolonização africana, 1950 – 1980. São Paulo: Paz e Terra, 2011.

GUEDES, Moema de Castro. A presença feminina nos cursos universitários e nas pós-graduações: desconstruindo a ideia da universidade como espaço masculino. História, Ciências, Saúde – Manguinhos, Rio de Janeiro, v.15, supl., p.117-132, jun. 2008.

LETA, Jaqueline. As mulheres na ciência brasileira: crescimento, contrastes e um perfil de sucesso. Estudos Avançados, 17 (49), 2003.

SEGURA-RAMIREZ, Hector. Revista Estudos Afro-Asiáticos (1979-1997) e relações raciais no Brasil: elementos para o estudo do subcampo acadêmico das relações raciais no Brasil. 2000. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) – Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). São Paulo, 2000.


##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Incluir comentário

Direitos autorais 2016 Mariana Schlickmann

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.