ETNOGRAFIA, LUGARES DA MEMÓRIA E O DISCURSO DOS PODERES NA ALDEIA DOS ÍNDIOS POTIGUARA.

José Manuel Simões

Resumo


RESUMO:

A aldeia dos índios Potiguara não é somente um aglomerado de casas e pessoas. Trata-se de um espaço social muito mais complexo, somando ao habitat modelos de parentesco, cruzando práticas culturais e economicas, juntando aos humanos bichos e plantas, rotinas de trabalhos e “libertações” de lazeres. A aldeia Potiguara embora se apresente como singular, ela comunicava e continua a comunicar hoje com redes mais amplas de aldeias rurais e indígenas, gerando transformações culturais e sociais profundas. Embora as alterações marquem as mudanças nos habitos da aldeia Potiguara acredita-se que as práticas culturais que se estendem das festas ao turismo das suas aldeias são tão tradicionais como singulares.

PALAVRAS-CHAVES: Aldeia indígena – Espaço social – Práticas culturais – Transformações

ABSTRACT:

The village of Potiguara Indians is not only a cluster of houses and people. This is a social space much more complex, adding to habitat kinship models, crossing cultural and economic practices, joining human animals and plants, work routines and "releases" of leisure.
The Potiguara village despite presenting as singular, she communicated and continues to communicate today with wider networks of rural and indigenous villages, generating deep cultural and social transformations. Although the changes mark the changes in the habits of the village Potiguara is believed that cultural practices that extend parties to tourism from their villages are so traditional and unique.

KEYWORDS: Indian Village - social area - Cultural practices - Transformations

Recebido: 31/08/2014    Aceito: 01/10/2014


Palavras-chave


Aldeia indígena; Espaço social; Práticas culturais; Transformações

Texto completo:

PDF

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Incluir comentário

Direitos autorais