Análise da atividade inibitória de óleo essencial de Citrus Aurantifolia sobre Candida Albicans

Karen Cristine Santos Galvão, Silvana Soléo Ferreira dos Santos, Mariella Vieira Pereira Leão, Célia Regina Gonçalves e Silva

Resumo


Citurs Aurantifolia (C. aurantifolia), conhecida popularmente por Lima da Pérsia, vem sendo usada na medicina popular como antimicrobiano, entre outros. O objetivo deste trabalho foi analisar a atividade inibitória do óleo essencial de C. aurantifolia sobre C. albicans. Discos de papel foram embebidos com 0,05 mL de óleo essencial de C. aurantifolia e colocados para secar em estufa 50 ºC por 24 h. Após reativação, cada cepa de C. albicans (n=25) foi suspendida em solução salina esterilizada (106 céls/mL) e, com auxílio de pipeta esterilizada, 0,1mL das suspensões foram transferidas para placas de agar Müller-Hinton. Com uma pinça cada disco foi colocado no centro da placa. Depois de incubadas a 37 ºC por 24h, a leitura foi realizada observando-se a presença ou ausência de halo de inibição. Não houve halo de inibição para nenhuma das cepas testadas. O óleo essencial de C. aurantifolia não demonstrou potencial inibitório sobre C. albicans.

Texto completo:

PDF


A abreviatura do periódico é e-Sci, o qual deve ser utilizado em bibliografias, notas de rodapé e para referências. ISSN: 1984-7688, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da e-Scientia, exceto quando identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada.