ASPECTOS MOTIVACIONAIS PARA A PERMANÊNCIA DE IDOSOS NO PROGRAMA DE ATIVIDADE FÍSICA VIDA ATIVA NA REGIONAL BARREIRO

Aline Cristina Alves Barbosa, Rafael Ferreira da Rocha, André Scotti Rabelo

Resumo


O envelhecimento é um fenômeno que atinge todos os seres humanos, independentemente. Sendo caracterizado como um processo dinâmico, progressivo e irreversível, ligados intimamente a fatores biológicos, psíquicos e sociais. Sabe-se que o envelhecimento promove um declínio gradual da capacidade funcional. O declínio observado com o envelhecimento pode ser substancialmente modificado por influência de alguns fatores, como a atividade física. O objetivo do presente estudo foi verificar os principais aspectos motivacionais que mantêm os idosos em programas de atividade física. A amostra da pesquisa contou com 48 voluntários, com idade igual ou superior a 60 anos e praticantes de atividades físicas a no mínimo 3 meses, com média de idade de 70,1 ± 6,1 anos. Antes de iniciar a pesquisa foi feito um contato prévio com os responsáveis dos locais onde os idosos praticavam suas atividades físicas, para a assinatura da “carta de ciência”. Os voluntários foram esclarecidos sobre os objetivos e procedimentos metodológicos do estudo, antes de assinarem o “Termo de Consentimento Livre e Esclarecido”. Para a coleta de dados utilizou-se um questionário com questões fechadas, que foi aplicado entre os meses de Setembro e Novembro de 2014. Os resultados mostraram que os principais aspectos que motivam os idosos a permanecerem praticando atividade física foram a manutenção da saúde, construir amizades e reduzir os níveis de estresse. A partir desses resultados foi concluído que os idosos permanecem nos programas de AF não somente pela saúde, mas também pelo bem estar psicológico e social.

Palavras-chave


Aspectos motivacionais, idosos, permanência, atividade física.

Texto completo:

PDF


A abreviatura do periódico é e-Sci, o qual deve ser utilizado em bibliografias, notas de rodapé e para referências. ISSN: 1984-7688, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da e-Scientia, exceto quando identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada.